A maravilhosa Paris!

Quando decidimos fazer a nossa Eurotrip, confesso que nem pensei em ir à Paris, pois meu grande desejo era conhecer a Itália. Porém, devido à questões logísticas, optamos por Paris + Bruxelas + Amsterdam, antes de irmos para Portugal.

Paris foi, com certeza, a grata surpresa dessa viagem. Sabíamos da sua grandeza e da sua importância, no entanto ouvimos de várias pessoas que a cidade era muito mais “nome” do que outra coisa. Não sei se pela baixa expectativa que chegamos, mas a cidade é muiiiiito mais que isso, é glamour, é tudo funcionando super bem, é cheia de parque, cheia de vida!!!

Ficamos 5 dias inteiros pela cidade, sendo que a programação do 1º dia era bem leve, por causa do “Jet lag” e também deixamos um dia livre para imprevistos. Até por isso, optamos por comprar somente os ingressos da Disney com antecedência, deixando a programação bem flexível, até por estarmos viajando a primeira vez para a Europa e com uma criança de 5 anos.

Na nossa programação incluímos, além da Disney, os seguintes passeios:

Jardim de Luxemburgo: esse parque maravilhoso ficava há 15 minutos a pé do nosso Hotel e optamos por ir até ele no dia que chegamos, enquanto o nosso check-in não fosse liberado. Local muito frequentado pelos parisienses, ficamos encantados com o parque super bem cuidado, muito lindo mesmo… Fefê já se juntou às crianças parisienses para brincar em uma parte infantil muito fofa do parque.

Pirâmide do Louvre e Jardim de Tuileries: no 2º dia trocamos o passeio pela Torre Eiffel (por causa do clima chuvoso) e optamos por ir até o Louvre. No entanto, quando fomos comprar os ingressos, a atração já estava lotada. Era o 1º dia de um feriadão na França e o atendente nos avisou que neste caso só comprando os ingressos pela internet, com 1 dia de antecedência. Sendo assim, optamos por visitar a redondeza, desde as clássicas fotos nas pirâmides do Louvre, até uma imersão pelo Jardim de Tuileries, que depois descobrimos ter sido o 1º jardim público de Paris.

Praça Concorde: logo que saímos dos Jardins, demos de cara com a praça que fica ao lado da Champs Élysées e representativa para Paris por ter sido cenário de terror na Revolução Francesa. Ao lado do seu grande obelisco, a Fefê cumpriu a sua 1ª missão em Paris e comeu um saboroso crepe parisiense.

Ponte Alexandre III: neste 2º dia, continuamos a caminhada pela cidade e chegamos até esta maravilhosa ponte. Paris é cheia de lindas pontes, que cortam o rio Sena, mas a Alexandre III tem um charme especial. Além da decoração espetacular, a ponte ainda nos apresenta uma linda vista da Torre Eiffel. Vale demais a visita!

Les Invalides: não entramos no museu, que é militar e conta com a tumba do Napoleão. Estávamos muito cansados depois de toda a andança, e decidimos ficar pelos jardins localizados à frente, apenas apreciando o dia e a maravilhosa vista externa do museu. Confesso que queria ter ido, mas como disse, com criança, a programação tem que ser flexível e temos de estar atentos ao ritmo deles.

Torre Eiffel: no dia seguinte fomos, enfim, na principal atração de Paris, o monumento mais visitado do mundo… a famosa Torre Eiffel. Fernanda estava mega ansiosa para conhecer a torre, principalmente pelo fato de termos combinado um piquenique e este ser parte de uma das missões dela (vou colocar ao final do post todas as missões da Fefê). A torre é magnífica, linda demais, um monumento grandioso como Paris e simplesmente espetacular. Nos sentamos em um dos jardins à frente da torre e conseguimos saborear um maravilhoso piquenique. Optamos por não subir na torre, por questões financeiras e por não querermos nos prender na programação, uma vez que, para subir é necessário comprar os ingressos com bastante antecedência. Aliás, a fila para subir estava gigantesca!!!

Trocadero: já havíamos lido que a vista da torre do Trocadero era maravilhosa e, claro, não queríamos perder esta oportunidade. Andamos bastante do local onde estávamos e no caminho ainda encontramos algumas distrações que não conseguimos escapar, como o Carrossel e um parquinho muito fofo que fica ao lado do Trocadero. A Fefê se esbaldou, é claro! Em todos os passeios que fizemos, sempre procuramos um parque ou algo parecido para deixarmos ela se divertir à vontade, por um bom tempo. Mais uma vez me chamou atenção a quantidade de crianças parisienses no parque e a Nanda sempre “tentando” conversar com eles! Rsrsrsrsrsrs!

Sobre o Trocadero, realmente tem uma vista muito linda… mas deve-se chegar cedo se você quer tira AQUELA foto. No horário que chegamos tinha muita gente e é quase impossível você sair sozinho com a torre. 🙂 🙂 🙂

Arco do Triunfo: do Trocadero partimos para o Arco do Triunfo com uma paradinha para almoço e descanso no meio do caminho, pois andamos um bucadinho até lá. Que monumento sensacional, maior do que imaginava… para variar, tinha uma fila grande para subir no Arco, no entanto, passamos direto por ela e fomos apenas na base. Para chegar lá, pegue uma das passagens subterrâneas, pois atravessar por cima é impossível! Além da grandiosidade do monumento, a questão das 12 avenidas que “se encontram” no arco é algo inexplicável, não sei como não rola acidentes a todo momento por ali.

Champs Élysées: a principal avenida de Paris é passeio certo, saindo do Arco do Triunfo. Cheia de glamour, possui as lojas mais chiques e caras de Paris… dizem que as “madames” passeiam por ali tomando champagne enquanto olham as vitrines. Mas nós estávamos “mortos” de cansados, Fernanda não queria mais saber de andar e optamos por pegarmos o metrô ali mesmo, de volta ao Hotel.

Catedral Notre Dame: infelizmente não conseguimos chegar muito perto da catedral, pois ela havia sofrido aquele terrível incêndio há pouco tempo atrás. Conseguimos ver os andaimes e soubemos que em poucos dias ela estaria novamente liberada para visitação.

Museu do Louvre: outra grata surpresa na nossa visitação à Paris. Achamos que, por estarmos indo com a Fefê, a visita seria rápida e tensa, pensando que ela iria querer ir logo embora. Aí entra o nosso 1º trunfo: a missão de encontrar uma múmia! A Nanda não descansou enquanto não encontrou a “bendita” e ainda por cima curtiu demais a exposição da área egípcia!!! Aliás, diga-se de passagem, exposição sensacional mesmo!!!

Após encontrarmos a esfinge e a múmia, partimos atrás da Monalisa! Genteeeeeee, que tenso… a salinha onde ela fica até é grande, mas rola um empurra-empurra para conseguir chegar na frente e tirar uma foto com a famosa Gioconda. Nós mesmo com criança no colo sofremos com uma turma norte-americana que não queria saber, educação passou longe!!! Em compensação, um casal indiano foi super gente boa conosco e nos ajudou na fotinho abaixo (foi o máximo que conseguimos.. detalhe para a cara de assustada da Fefê).

OK, missões cumpridas, vamos embora Nanda?! Não mamães, eu quero continuar vendo as exposições… e assim fomos, percorrendo o Louvre por mais de 3h! Se a mamãe aqui ficou boba com o interesse da filhota? Claaaaaaaaro que sim!!!!

Torre Montparnasse: a torre, localizada atrás do nosso hotel, possui uma vista maravilhosa da cidade, se não a MELHOR de todas as vistas! Optamos por subir às 19h, com a intenção de pegar o pôr do sol e o anoitecer de Paris. Só esquecemos que, nesta época do ano, só anoitece após às 22h… e assim ficamos ais de 3h lá em cima. Nanda só reclamou porque estava com fome, mas conseguimos “segurar” ela por lá sem maiores problemas, jogando “pedra, papel e tesoura”, “par ou impar” e até brincando de pique. E valeu a pena: a vista do pôr do sol foi espetacular e, enxergar as luzes das Torre Eiffel foi o ápice desse momento.

Como já detalhei no post anterior, nos locomovemos muito facilmente por Paris, inclusive para irmos até a Disney (que detalharei melhor em post separado).

A cidade além de linda e glamorosa, funciona! As pessoas não são rudes com os turistas e nem com crianças, como havia lido em alguns lugares. A Fefê foi muito bem tratada pelos lugares que passamos e não falo só de lugares turísticos… sim, tivemos 2 locais em que tivemos um tratamento mais “seco”, mas nada que tirasse o brilho da cidade.

Tomamos muito cuidado com as nossas coisas, pois lemos muito sobre os batedores de carteira de Paris (pickpockets). Mas não vimos nenhuma ação ocorrendo e olha que dos 5 dias que ficamos na cidade, 4 eram de feriadão na França.

Sobre as missões da Fefê, como citei no post Partiu Eurotrip, utilizamos esta estratégia para tentar deixa-la mais interessada na viagem e funcionou muito bem. Todas as missões foram cumpridas com louvor e ela fazia questão de “correr atrás” das mesmas. As missões foram:

1 – Fazer um piquenique na Torre Eiffel.

2 – Encontrar a múmia ou esfinge no Museu do Louvre.

3 – Apertar a mão da Minnie, do Mickey ou do Pateta.

4 – Fazer pose de princesa no Castelo da Bela Adormecida.

5 – Comer um prato típico da França.

E aí, o que vocês acharam? Partiu Paris???

Espero que tenham curtido essa nossa pequena aventura de 4 dias pela cidade luz… e ainda tem mais um “diazinho” na Disney que vamos detalhar no próximo Post.

Equipe Nanda Aventureira!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.